sábado, 11 de junho de 2011

Livraria 2.0

Visualização da versão em fullscreen do modelo de negócios através do link abaixo:

4 comentários:

  1. Acredito que o modelo de negócios apresentado corresponde àquele de uma empresa 2.0. Existe um envolvimento com o mundo exterior, uma colaboração entre a empresa e seus clientes. Os clientes se cadastram no site e podem receber e-mails informativos de seu interesse. Além disso, os clientes adicionam valores à livraria. Eles contribuem, por exemplo, oferecendo feedbacks aos serviços oferecidos.

    ResponderExcluir
  2. Analisando o modelo de negócios da livraria 2.0 percebe-se claramente que se trata de uma empresa 2.0. Existe maior envolvimento com o mundo exterior, o cliente agrega valor à livraria. Alguns pontos que
    evidenciam isso no modelo de negócios são o comércio eletrônico dos produtos, envolvimento dos clientes através de redes sociais, informativo periódico através de e-mails e o atendimento on-line ao cliente.

    ResponderExcluir
  3. As novas e modernas tecnologias, tais como blogs, wikis e redes sociais, estão levando os consumidores a participarem de uma forma nunca antes vista do processo decisório das empresas e chegou a hora das empresas começarem a adotá-las como parte das suas estratégias de gestão da informação e do conhecimento. Como vemos, a tabela referente à fase 2.0 deste grupo, apresenta corretamente exemplos de aplicações que correspondem à essa transformação no cenário empresarial.

    ResponderExcluir
  4. Analisando o Modelo de Negócios senti falta da interação do usuário para com a Livraria para caracterizar a empresa como 'contexto 2.0'. Além disso considero que realizar vendas de equipamentos de informática irá gerar problemas de posicionamento da livraria na internet, podendo causar confusões nos clientes e talvez uma falta de 'motivação' para uma possível colaboração.

    ResponderExcluir