quinta-feira, 7 de abril de 2011

Web 2.0 - Beta perpétuo

A apresentação abaixo foi apresentada por nosso grupo em sala,na aula do dia 04/04/2011.




Na apresentação apontamos as características, vantagens, desvantagens e aplicações do "beta perpétuo", que é tão comum no cenário atual das aplicações web e softwares de desktop.

2 comentários:

  1. Os softwares em beta-perpétuo vieram para ficar. Terminaram os ciclos. Eles são atualizados a todo momento. Com essa nova maneira de se disponibilizar os produtos, as empresas não precisam esperar tempos para lançar grandes pacotes de atualizações, podem corrigir os erros, melhorar a qualidade aos poucos, no momento em que surgem. Isso se deve a contribuição dos usuários, que reportam os bugs, erros e opinam em melhorias, para que os produtos se ajustem aos seus gostos. Essa tendência é vantajosa tanto para o usuário, que tem um produto mais qualificado, quanto para a empresa, que tem uma idéia de como está seu produto no mercado e pode melhorá-lo para que fique mais popular e consequentemente venda mais.

    ResponderExcluir
  2. Eu acredito que o beta perpétuo demonstra uma maior atenção da empresa (Ex.: Google) em atender "a voz dos usuários", que apresentam suas reclamações e sugestões. Essa atitude ajuda a fidelizar a audiência, que estará sempre atenta e disposta a opinar. Hoje o Google tirou o "Beta" de várias aplicações, depois de anos de contribuições ao aperfeiçoamento do produto, indicando o final da maturação. Não quer dizer que o produto esteja perfeito, mas que já atingiu um nível de qualidade que não necessita de atualização diária, por assim dizer.

    http://apssocial.wordpress.com

    ResponderExcluir