segunda-feira, 28 de março de 2011

Abundância

Atualmente produzimos e consumimos mais informação do que nunca. O conhecimento que antes ficava restrito aos livros, armazenado em bibliotecas, está espalhado por todas as mídias.

A mídia que mais dá acesso à informação atualmente, com certeza é a internet. O conhecimento está disponível sobre praticamente qualquer assunto e a produção parece ser cada vez maior.

Ao mesmo tempo, parece haver em todos os lugares cada vez mais cobrança por novos conhecimentos. Quem não se mantem informado nem procura novos conhecimentos corre risco de se tornar "obsoleto".

A dúvida é como acompanhar esse excesso de informação. O que podemos fazer para gerenciar todo conhecimento num mundo que muda cada vez mais rápido?

4 comentários:

  1. É uma pergunta totalmente coerente uma vez que a cada dia explode mais e mais conhecimento na internet. Contudo, na minha opinião, não só é impossível acompanhar todo esse excesso de informação como é desnecessário.

    Primeiramente, mais da metade do conhecimento que é publicado na internet hoje é falseta ou infundamentado. Segundo, estamos caminhando cada vez mais da generalização (saber nada sobre tudo) para a especialização (saber tudo sobre nada), sendo o conhecimento que nos interessa bem restrito.

    Portanto, o que se deve fazer é assumir a impossibilidade de gerenciar todo o conhecimento e focar na especificação que lhe interessa.

    ResponderExcluir
  2. A abundância de informações que nos é disponibilizada atualmente é realmente impressionante. Ao nos conectarmos à rede, estamos expostos a uma verdadeira enxurrada de dados de todos os assuntos e das mais diversas qualidades. É necessário então fazer um trabalho de seleção de informações relevantes e moldar o conhecimento a partir das partes peneiradas na web.

    Não creio que isso, entretanto, inviabilize as pessoas de se informar a respeito do "todo". Há ferramentas que auxiliam os usuários da rede na empreitada de se informar (tal como os RSS mixers - o Google Reader, por exemplo). Acredito que com um pouco de boa vontade e organização é possível ficar informado qualitativamente a respeito dos mais diversos assuntos.

    ResponderExcluir
  3. Acho que assim como o mundo mudou e houve uma explosão de conhecimento por toda a internet, o usuário também mudou.

    Nossa geração consegue fazer inúmeras coisas ao mesmo tempo e possui muita facilidade de mexer com tudo que diz respeito à internet.

    Assim, utilizar agregadores como o RSS por exemplo é algo que para nós é fácil de ser feito e que possibilita melhor a gerência do conhecimento que nos interessar.

    ResponderExcluir
  4. Acredito que absorver todo o conhecimento que chega até nós por meio da internet é uma tarefa impossível. A quantidade de informações disponível é absurda. O que podemos fazer para tirar o máximo proveito é tentar reduzir e focar naquilo que nos interessa em determinado momento. Além de reduzir a informação a que se tem acesso pelo tópico, é possível filtrá-la também pela fonte. Só são interessantes e relevantes os fatos narrados por fontes que considerar confiáveis.

    Somente depois de reduzir a quantidade de informação que se deseja absorver é possível pensar em qualquer solução de gerenciamento. Existem ferramentas, como as citadas pelos meus colegas nos comentários acima, que permitem agregar informações de determinado assunto provindas de diferentes fontes num mesmo local. Dessa forma, não é preciso ir a todos os sites de notícias, por exemplo, para ler-se sobre os comentários da partida de futebol do time para o qual torce.

    É impossível gerenciar todo o conhecimento disponível na internet. É preciso porém, otimizar as formas de obtê-lo.

    ResponderExcluir